Ban Ki-moon pede a Honduras para proteger população

Marco Alfaro, Rádio das Nações Unidas

NOVA YORK - O Secretário-Geral da ONU, Ban Ki-moon, lamentou nesta segunda-feira, em Genebra, na Suíça, a decisão do atual governo de Honduras de não permitir o retorno, no domingo, do presidente Jose Manuel Zelaya Rosales.

Segundo agências de notícias, partidários de Zelaya Rosales esperavam o presidente no aeroporto de Tegucigalpa e entraram em confronto com tropas do atual governo hondurenho resultando em pelo menos duas mortes.