Brasileiro é preso por agressão sexual de menores no Timor Leste

Agência AFP

DILI - Um brasileiro foi preso por suposta agressão sexual de três menores de idade no Timor Leste, informou um funcionário da embaixada do Brasil em Dili. A polícia não revelou detalhes sobre a prisão, mas o procurador de Dili, Vicente Fernandes e Brito, afirmou que o passaporte do homem, cuja identidade não foi divulgada, foi apreendido.

No dia 12 de junho, a embaixada do Brasil confirmou a prisão de um brasileiro acusado de agressão sexual em Dili, sem informar outros detalhes.

- Trabalha no Timor Leste, mas não posso mencionar a profissão, já que neste caso as pessoas o identificariam - afirmou uma fonte da embaixada brasileira.

O homem será julgado em Dili e pode ser condenado a até 20 anos de prisão, segundo o procurador. Umas das meninas supostamente violentada tem 10 anos. - Só posso afirmar que isto aconteceu em Dili e que todas as meninas estão em Dili. Não posso afirmar mais nada, porque tenho que proteger as vítimas - declarou Brito.

A investigação do caso prossegue e o julgamento pode levar um ano para ter início.