Obama conversa com Netanyahu antes de discurso do líder israelense

Agência AFP

WASHINGTON - O presidente dos Estados Unidos Barack Obama e o primeiro-ministro israelense Benjamin Netanyahu mantiveram um diálogo "construtivo" nesta segunda-feira, dias antes de Netanyahu apresentar sua política para "a paz e a segurança", informou a Casa Branca.

A conversa de 20 minutos, segundo a Casa Branca, aconteceu antes do encontro desta terça-feira, em Israel, entre o emissário especial dos Estados Unidos no Oriente Médio, George Mitchell, Netanyahu, o presidente Shimon Peres, e os ministros das Relações Exteriores e da Defesa Avigdor Lieberman e Ehud Barak.

Durante o encontro, num período de tensões inabituais entre os governos aliados dos Estados Unidos e de Israel, Obama reafirmou as grandes linhas de seu discurso no Cairo quinta-feira, aí compreendidos seu compromisso com a segurança de Israel, disse a Casa Branca.

Obama havia também, nessa ocasião, reclamado um congelamento total da colonização israelense na Cisjordânia ocupada, e a criação de um Estado palestino, duas exigências que vêm sendo fontes de desacordo entre os Estados Unidos e Israel.

Segundo a Casa Branca, Obama disse esperar com impaciência o discurso que o premier israelense deve pronunciar nesta semana e que, segundo Netanyahu, exporá "os princípios de sua política para a paz e a segurança".