Milhares de manifestantes protestam contra o G8 em Roma

Agência AFP

ROMA - Milhares de pessoas protestaram neste sábado nas ruas de Roma contra a reunião de ministros do Interior e da Justiça do G8. A polícia anunciou a participação de quatro mil manifestantes, mas os organizadores falaram de 20 mil pessoas.

Os manifestantes exibiram cartazes com frases como "direitos de cidadania global contra o G8 da crise e do racismo" ou "documentos para todos", ao mesmo tempo que gritavam "Somos todos clandestinos". A passeata contou com a vigilância de um grande dispositivo de policiais.

Os ministros do Interior e da Justiça do G8, que se reuniram na sexta-feira e neste sábado na capital italiana, reconheceram na declaração final que é necessário reforçar a cooperação para combater o terrorismo, o crime organizado e a imigração clandestina.

O G8, presidido este ano pela Itália, reúne os oito países mais ricos do mundo: Estados Unidos, Japão, Alemanha, Canadá, Rússia, França, Itália e Grã-Bretanha.