Satélite capta atividade em local de mísseis norte-coreanos

Portal Terra

DA REDAÇÃO - Fotos captadas por satélite revelaram movimentos de veículos em um local de lançamento de mísseis na Coréia do Norte, levando a crer que Pyongyang se prepara para lançar um foguete de longo alcance, indicaram nesta sexta-feira dois funcionários do Pentágono que solicitaram o anonimato.

O movimento de veículos é semelhante ao dos trabalhos prévios ao lançamento de um foguete de longo alcance por parte da Coréia do Norte no mês passado, disseram os funcionários.

Mais cedo, a Coreia do Norte desafiou o Conselho de Segurança da ONU, que prepara sanções por causa de seu teste nuclear da segunda-feira, e lançou um novo míssil de curto alcance. O último míssil terra-ar lançado pelo regime comunista de Pyongyang corresponde a um novo tipo de projétil diferente dos outros que disparou esta semana e tem um alcance de 160 km, segundo informou a agência sul-coreana Yonhap.

O míssil do regime de Kim Jong-il foi lançado por volta das 18h12 (6h12 de Brasília) da base de Musudan-ri, no litoral nordeste do país (província de Hamgyeong), o mesmo lugar de onde no dia 5 de abril foi disparado um míssil de longo alcance.

Além disso, na segunda-feira, a Coréia do Norte realizou seu segundo teste nuclear subterrâneo, quase três anos depois do primeiro de outubro de 2006, e, entre esse mesmo dia e terça-feira, o regime lançou vários mísseis de curto alcance, como desafio às críticas da comunidade internacional.

O teste nuclear, cuja magnitude pôde ser de até 20 quilotons segundo a Rússia e portanto equivalente à bomba atômica de Nagasaki, foi condenada pela comunidade internacional e criticada pela China, principal aliado do regime de Kim Jong-il.

Com agências internacionais.