Ex-produtor dos Beatles pega 19 anos de prisão por homicídio

Portal Terra

LOS ANGELES - O lendário produtor musical Phil Spector, 69 anos, foi sentenciado, nesta sexta-feira, a 19 anos de prisão por assassinato. Ele havia sido considerado culpado, no mês passado, por matar a atriz Lana Clarkson, em 2003. Spector é conhecido por ter trabalhado com os Beatles, Tina Turner, The Righteous Brothers, Ramones e outros grandes nomes da música.

O juiz da Suprema Corte de Los Angeles, Paul Fidler, sentenciou o produtor musical a 15 anos de prisão por assassinato em segundo grau, além de outros quatro por posse ilegal de arma. Durante o julgamento, a acusação retratou o produtor como um sádico misógino com um histórico de três décadas "jogando na roleta russa com as vidas das mulheres" quando estava bêbado.

Spector foi o criador da famosa técnica de gravação chamada de "Wall of Sound", nos anos 60. Os promotores disseram que Spector atirou e matou a atriz Lana Clarkson em sua mansão na madrugada de 3 de fevereiro de 2003, após tê-la conhecido horas antes na discoteca em que a mulher trabalhava. Ela era conhecida pelo papel no filme The Barbarian Queen, de 1985.