Obama acredita em progresso entre Israel e palestinos

JB Online

WASHINGTON - O presidente dos Estados Unidos, Barack Obama, disse nesta quinta-feira que "confia" na possibilidade de progresso nas conversações de paz entre israelenses e palestinos, após seu primeiro encontro com o presidente da Autoridade Palestina, Mahmud Abbas, na Casa Branca.

Abbas confirmou a urgência da situação, declarando que "o tempo é um fator essencial" no processo de paz, em declarações à imprensa ao final da reunião no Salão Oval da Casa Branca.

Na mesma entrevista, Obama defendeu a criação de um Estado palestino e exigiu de Israel o fim da colonização dos territórios palestinos e o cumprimento dos compromissos assumidos na região.

O presidente americano destacou que acredita "firmemente em uma solução de dois Estados", um israelense e outro palestino.

Obama afirmou que israelenses e palestinos têm "obrigações em virtude do Mapa da Paz", o plano internacional para a solução do conflito, "incluindo a suspensão da colonização" nos territórios.

Em conversações na semana passada com o primeiro-ministro israelense, Benjamin Netanyahu, "fui muito claro sobre a necessidade de se deter a colonização", assinalou Obama ao lado de Abbas, ao final do encontro na Casa Branca.