Fidel parabeniza Chávez pelos dez anos do programa "Alô, presidente"

JB Online

DA REDAÇÃO - O ex-ditador cubano Fidel Castro escreveu artigo para o jornal "Granma" felicitando e comemorando os dez anos do "Alô, presidente", programa de rádio e televisão do presidente venezuelao Hugo Chávez.

"Sem esse programa, o imperialismo e a oligarquia, com seu controle quase absoluto dos meios de comunicação de massa, suas calúnias e mentiras, teriam destruído a Revolução Bolivariana na Venezuela", diz Fidel no artigo, referindo-se a Chávez como grande amigo - "O caso dele é excepcional na história da política. Outros alcançaram fama e celebridade por meio da imprensa escrita, radiofônica ou televisiva, mas nunca uma ideia revolucionária fez uso de um meio de comunicação com tanta eficácia", afirmou o líder cubano, de 83 anos.

Segundo Fidel, é importante notar também o apoio do "combativo" povo

venezuelano ao governo de Chávez. Os elogios continuam:

"Foi um grande amigo em dias difíceis da Revolução. Resistimos e seguiremos resistindo firmemente. Temos hoje mais razões que nunca para fazê-lo".