Sri Lanka: ao menos 50 civis mortos em bombardeio de hospital

Agência AFP

COLOMBO - Pelo menos 50 civis bloqueados na zona de conflito do nordeste do Sri Lanka morreram nesta quarta-feira após o bombardeio de um hospital improvisado em Mullivaikal, informou um médico à AFP. O saldo anterior era de 38 mortos.

- Ao menos 50 pessoas morreram e mais de 60 foram feridas nos bombardeios desta quarta-feira - afirmou por telefone T. Varatharajah, médico que trabalha nesta unidade na faixa costeira onde estão encurralados os rebeldes tâmeis junto a dezenas de milhares de civis.

Sem dizer se o bombardeio foi realizado pelo exército ou pelos rebeldes, o médico acrescentou que 47 pessoas morreram terça-feira após um ataque idêntico.