Rei da Jordânia adverte para risco de novos conflitos no Oriente Médio

Agência AFP

LONDRES - O rei Abdullah II da Jordânia advertiu, em uma entrevista ao jornal britânico The Times, para a possibilidade de uma nova guerra entre Israel e os países árabes no próximo ano, caso continue sendo adiada uma solução para o conflicto israelense-palestino.

O monarca destacou que é fundamental uma mensagem clara das negociações previstas para o fim de maio entre o presidente americano Barack Obama e o primeiro-ministro israelense Benjamin Netanyahu.

- Todos os olhos estarão voltados para Washington. Se não tivermos sinais e diretrizes claras para cada um de nós, existirá a sensação de que se trata de outro governo americano que nos deixará abandonados - afirmou.

- Se a decisão for a de que não é o momento, o mundo correrá o risco de se ver imerso em outro conflito no Oriente Médio - disse.

- Se adiarmos as negociações, acontecerá outro conflito entre os países árabes, ou muçulmanos, e Israel nos próximos 12 a 18 meses - declarou.