Alunos do ensino básico voltam às aulas no México

Portal Terra

CIDADE DO MÉXICO - Alunos e professores das séries iniciais voltaram às aulas no México nesta segunda-feira, depois de 17 dias em casa. A medida foi adotada pelo governo na tentativa de evitar a contaminação de mais pessoas pelo vírus da gripe suína. A volta à escola foi marcada por uma série de regras de higiene, que estão sendo seguidas na tentativa evitar a propagação do vírus AN1H1.

- Nos preparamos durante uma semana para isso. Nos últimos dois dias, fizemos uma faxina geral. Pedimos aos alunos um cuidado ainda maior com a higiene. Os cobre-bocas são necessários e todas as pessoas que entram na escola são obrigadas a lavar as mãos com um gel anti-bacteriano e a assinar uma lista para qualquer emergência. No mais, estamos podando todas as árvores da escola, para evitar a sujeira no pátio - afirmou a docente Ana Laura Aguirre Piña.

No Colégio Fray Padro de Gante, considerado um dos quatro maiores da Cidade do México, o índice de presença foi alto. Mais de 80% das crianças matriculadas, de um total de 644 estudantes, compareceram à aula. A maior parte deles incorporou a máscara cirúrgica ao material escolar.

- A gente tem que usar o cobre-boca para evitar doença - disse uma das crianças.

- Estou feliz por estar aqui - complementou outra.

Para os professores, apesar da baixa idade, as crianças estavam conscientes do momento de dificuldade e superação enfrentado pelo México.

- Elas sabem o que estamos passando. Estão por dentro da situação e isso é um grande sinal para a nossa educação - disse a professora Ana Lilia Mejiá Taboa.

- É um dia especial. Voltamos com tudo. As crianças não estão com medo e se comportam melhor do que muitos adultos - acrescentou a também professora Judith Gutiérrez Alvarado.

O único momento em que as crianças deixaram de usar as máscaras foi durante o recreio. O lanche foi servido por funcionários de luvas e máscaras.

A retomada das aulas do ensino básico no México retrata a tentativa de normalização das atividades no país.

- O dia de hoje é muito importante para o México. Já estamos bem e preparados para seguir adiante. Vamos continuar adotando as medidas necessárias para a precaução da gripe, mas sabemos que podemos viver normalmente - disse Ada Romero Martinez, diretora do Colégio Fray Padro de Gante.