OMS diz que países devem manter controle rigoroso contra gripe

REUTERS

BRUXELAS - Uma autoridade da Organização Mundial da Saúde (OMS) afirmou nesta segunda-feira que ainda não há evidências de disseminação do novo vírus da gripe H1N1 em comunidades fora da América do Norte.

- Nós continuamos vendo infecções relacionadas a viagens em diferentes países e um pouco de movimento do vírus movendo-se para o sul - disse o diretor-geral-assistente da OMS, Keiji Fukuda.

- Nós não temos nenhuma evidência de que o vírus tenha alcançado transmissões em nível de comunidades em outro país agora (fora da América do Norte) - acrescentou.

- Isso não significa que o monitoramento tem que ser forte apenas no Hemisfério Sul. Neste momento nós não sabemos ao certo como isto vai avançar - disse Fukuda.

Foram registrados 1.025 casos confirmados em laboratórios em 20 países, incluindo 26 mortes, afirmou.