Médico alemão mata britânico com overdose de analgésicos

Portal Terra

LONDRES - Um médico alemão que fazia plantão em um hospital na Grã-Bretanha matou acidentalmente um paciente com uma overdose de analgésicos. Segundo informações da imprensa britânica, era o primeiro turno de trabalho de Daniel Ubani no país, onde ele tinha chegado apenas um dia antes. Antes de dar 10 vezes a quantidade máxima do medicamento a David Gray, 70 anos, o médico havia dito que estava muito cansado e que não conseguia se concentrar.

De acordo com o jornal The Times, Ubani viajou da Alemanha a Cambridgeshire, na Grã-Bretanha, e descansou apenas três horas antes do início do seu plantão. As circunstâncias da morte estão sendo investigadas pelas autoridades de saúde. - Este é um caso muito sério e deve ser analisado. Temos que ter certeza de que não acontecerá novamente - disse Christine Braithwaite, chefe das investigações.

No mês passado, quando detalhes do caso vieram a público, Ubani recebeu uma suspensão de nove meses, além de ser multado em 5 mil euros ao causar uma morte por comportamento negligente. Ele enviou uma carta de desculpas à família de Gray, e explicou que confundiu a droga dada ao paciente. Segundo o Times, ele foi suspenso pelo Conselho Geral de Medicina britânico, mas poderá seguir praticando a medicina em seu país de origem.