Imprensa italiana diz que mulher de Berlusconi quer o divórcio

Agência AFP

ROMA - A imprensa italiana revela neste domingo que Veronica Lario, mulher do chefe do governo, Sílvio Berlusconi, decidiu pedir o divórcio, após 30 anos de casamento, devido ao comportamento galanteador do marido com outras mulheres mais jovens.

'A decisão de Veronica: adeus a Sílvio', diz a manchete do diário La Stampa. 'Veronica, adeus a Sílvio: a decisão já foi tomada e pediu o divórcio', afirma o La Repubblica.

Os dois jornais citam amigas da primeira-dama italiana e dizem que ela já entrou em contato com uma advogada para agilizar os procedimentos do divórcio.

Recentemente, Veronica criticou publicamente o marido, que pretendia incluir belas jovens nas listas eleitorais do seu partido para as eleições europeias de junho.

No entanto, a gota de água da separação pode ter sido a participação de Berlusconi em uma festa de aniversário de 18 anos de uma jovem de Nápoles. Veronica disse que o chefe de governo nunca participou do aniversário dos seus próprios filhos.

- Meu casamento acabou. Não posso ficar com um homem que corteja menores - disse Veronia Lario a uma de suas amigas, segundo o jornal La Repubblica.