Duas cidades alemãs têm distúrbios no Dia do Trabalho

REUTERS

BERLIM - Manifestações de jovens de esquerda terminaram em tumulto nas cidades alemãs de Berlim e Hamburgo neste 1º de maio. Vários policiais ficaram feridos e muitos jovens foram presos.

No bairro de Friedrichhain, em Berlim, cerca de 200 pessoas enfrentaram os policiais com garrafas e tijolos e atearam fogo em latas de lixo.

No bairro de Schanzenviertel, em Hamburgo, radicais de esquerda quebraram janelas de uma agência bancária e incendiaram várias latas de lixo. Os policiais foram recebidos a pedradas e garrafadas e três ficaram feridos.

A grande manifestação de ultradireitistas e neonazistas prevista para hoje em Hannover foi proibida pelo Tribunal Constitucional Alemão.