Atirador mata pelo menos 10 pessoas em universidade do Azerbaijão

REUTERS

BAKU - Pelo menos 10 pessoas foram mortas por um franco-atirador na Universidade do Petróleo de Baku, no Azerbaijão. Outras 15 teriam ficado feridas. Um homem ainda não identificado invadiu a universidade e abriu fogo contra professores e alunos. A polícia cercou o local

Testemunhas informaram que a tragédia teve início após uma discussão entre vários estudantes no pátio da escola. Um deles, sacou uma pistola, disparou contra os colegas e invadiu o prédio, prosseguindo com o massacre. Em seguida, teria se suicidado.