Mulher-bomba falha ao tentar ataque contra ex-ministro turco

Portal Terra

ANCARA - Uma mulher carregada com explosivos tentou cometer um atentado contra o ex-ministro da Justiça turco Hikmet Sami Turk, nesta quarta-feira, em Ancara. A terrorista se aproximou de Turk em uma universidade, fingindo ser uma estudante. A jovem chegou a acionar o detonador, mas a bomba não explodiu como deveria e apenas ela teve ferimentos.

A polícia deteve a terrorista e um jovem que a acompanhava. Ambos pertencem a um grupo de esquerda contrário às políticas adotadas pelo governo. Turk relacionou a tentativa de ataque à operação Volta à vida, que dirigiu em 2000, quando estava à frente da Justiça turca. Na ocasião, o então ministro ordenou a transferência de presos políticos a prisões de segurança máxima.

Um segundo ataque, na província de Diyarbakir, foi atribuído ao Partido dos Trabalhadores do Curdistão (PKK). Nove soldados morreram quando o seu veículo detonou uma mina em uma zona rural onde atuam os rebeldes curdos. O chefe do Estado-Maior turco, o general Ilker Basbug, confirmou que a explosão aconteceu na passagem de um tanque e um blindado de transporte de tropas por uma estrada no sudeste do país.