Obama: No marco de 100 dias recorde de popularidade

Jornal do Brasil

WASHINGTON - A gestão do presidente dos Estados Unidos, Barack Obama, é aprovada por 68% dos cidadãos de seu país, informa uma pesquisa publicada ontem pelo jornal The New York Times, na véspera dos 100 dias de seu mandato. Não é incomum que novos presidentes recebam grande apoio popular neste ponto de seus mandatos, porém, o índice de Obama é maior do que o de qualquer outro presidente nos 100 primeiros dias de governo.

A sondagem mostrou ainda que a Presidência de Obama parece estar alterando a percepção pública sobre a relação entre raças nos Estados Unidos. Realizada junto com a rede de televisão CBS, a pesquisa mostra que dois terços dos americanos acreditam que as relações entre pessoas de cores e origens diferentes são geralmente boas opinião que duplicou desde julho do ano passado entre os negros.

Os negros americanos se mantêm como os principais defensores do presidente: 70% disseram que o país está no caminho certo, em comparação a 34% de brancos. A sondagem mostrou ainda amplo apoio à postura adotada por Obama em diversas questões, inclusive uma das mais discutidas atualmente: se o Congresso deve investigar as técnicas de interrogatório autorizadas por seu predecessor. Cerca de 62% compartilham a opinião de que a investigação não é necessária.

Obama marcará o centésimo dia de governo hoje com uma viagem a St. Louis e uma entrevista coletiva em horário nobre na televisão.

Mudanças climáticas

Na segunda-feira, a secretária de Estado Hillary Clinton assegurou que seu país está plenamente envolvido e preparado para liderar a luta contra mudanças climáticas.

Em discurso na inauguração da sessão preparatória do Fórum das Maiores Economias sobre Energia e Clima, Hillary repetiu até três vezes que os EUA assumirão um papel-chave nas negociações para frear o avanço do aquecimento global.

Os EUA já não estão mais ausentes disse Hillary, acrescentando que seu governo está fazendo da mudança climática o foco de sua política externa .