Obama espera avanços na questão palestina e com Irã

Agência AFP

WASHINGTON - O presidente dos Estados Unidos, Barack Obama, prometeu nesta terça-feira se esforçar mais em busca da paz entre israelenses e palestinos, e para melhorar as relações com o Irã.

Obama estimou que o novo governo de Israel não tornará "mais simples" a paz com os palestinos, mas reafirmou seu compromisso de tentar acabar com o conflito na região, que já dura mais de 60 anos.

- Não ficará mais simples do que era, mas penso que é igualmente necessária a paz entre israelenses e palestinos - disse Obama durante sua entrevista coletiva na Casa Branca.

Obama destacou que o governo israelense ainda não está totalmente formado e que ignora qual será a orientação dos palestinos no futuro.

- O que posso dizer é que levamos muito a sério esta questão e que tentaremos conduzir as duas partes em uma direção que contemple a realidade. Sobre a eficácia das negociações, será preciso esperar para ver.

Nas relações entre Washington e Teerã, Obama revelou que espera um "progresso firme" na solução das disputas, após sua inédita mensagem dirigida na semana passada ao povo e aos líderes da República Islâmica.

- Algumas pessoas disseram: eles não responderam de imediato que eliminarão suas armas nucleares ou suspenderão seu financiamento ao terrorismo. Bom, não esperávamos isto, mas esperamos obter um progresso firme nesta frente - destacou Obama.

Em sua mensagem aos iranianos, por ocasião do Ano Novo persa, Obama pediu o fim de três décadas de tensão bilateral. O presidente destacou que vai ser perseverante nas duas questões.

- Se você é perseverante, então estes problemas podem ser tratados. Esta filosofia de perseverança, certamente, será aplicada nos meses e anos por vir enquanto estiver neste gabinete.