Hillary discutirá democracia na América Latina em visita ao México

Agência ANSA

WASHINGTON - A secretária de Estado norte-americana, Hillary Clinton, discutirá formas de "disseminar a prosperidade e a democracia na América Latina" durante a visita que fará ao México esta semana, informou nesta segunda-feira o governo dos Estados Unidos.

Hillary estará na Cidade do México entre quarta e quinta-feira, quando será recebida pela ministra das Relações Exteriores, Patrícia Espinosa.

Será sua primeira visita ao país desde o início do governo do presidente Barack Obama, no dia 20 de janeiro.

Segundo o porta-voz do Departamento de Estado norte-americano, Robert Wood, além de falar sobre democracia, ambas as funcionárias debaterão outros assuntos de interesse bilateral, como o combate ao narcotráfico e a situação dos imigrantes mexicanos que vivem nos Estados Unidos.

Há duas semanas, quando foi confirmada a viagem de Hillary, Washington informou que a secretária discutiria especificamente a violência na região da fronteira entre os dois países, onde estão alguns dos principais focos de conflito entre cartéis da droga mexicanos.

Na ocasião, o Departamento de Estado norte-americano se disse "preocupado" com a situação, mas manifestou confiança em relação às políticas de segurança do presidente mexicano, Felipe Calderón.

No início de abril, os secretários norte-americanos de Justiça, Eric Holder, e de Segurança Nacional, Janet Napolitano, também irão ao México. Para meados do mês está prevista uma visita do próprio presidente Obama.