Suspenso diálogo palestino para governo de união

Agência AFP

CAIRO - As conversações que acontecem no Cairo entre os grupos palestinos rivais para a formação de um governo de união foram suspensas por divergências, anunciaram autoridades palestinas. - As negociações foram suspensas e serão retomadas dentro de alguns dias - declarou Kayed el-Ghul, dirigente da Frente Popular de Libertação da Palestina (FPLP).

Ele acrescentou que as delegações consultarão agora os respectivos dirigentes de seus grupos.

O Egito, que atua como mediador, deve fixar uma data para a retomada das conversações.

As facções palestinas - entre elas o movimento islamita Hamas, que controla a Faixa de Gaza, e seu principal rival, o Fatah do presidente palestino, Mahmud Abbas - participam desde 10 de março no Cairo de reuniões de reconciliação para formar um governo "de entendimento nacional".