Papa incentiva Igreja a se comprometer no combate à Aids

JB Online

IAUNDÉ, CAMARÕES - De acordo com informações da agência EFE, o papa Bento XVI visitou nesta quinta um centro de reabilitação em Yaoundé, onde se reuniu com 200 pacientes, muitos deles crianças e adultos com Aids, diante dos quais pediu à Igreja que se comprometa "fortemente" na luta contra "terríveis flagelos como a aids, a malária e a tuberculose".

Apesar da polêmica em torno de suas declarações contra o uso de preservativos para lutar contra a Aids, Bento XVI não voltou a tocar no assunto.

O Papa preferiu apenas comentar sobre o que a humanidade pode fazer pelos doentes do planeta.

- Na presença de sofrimentos atrozes, nos sentimos desprevenidos e não encontramos as palavras justas. Perante um irmão ou uma irmã que sofre, nossas preces, um gesto de ternura, de consolo, um olhar, um sorriso podem fazer mais do que muitos discursos - disse o pontífice