Líder estadual rejeita ordem de Chávez para ocupar porto

Portal Terra

VENEZUELA - Um membro da Comissão Assessora da Refundação do Estado de Zulia, na Venezuela, rechaçou a Lei de Descentralização e a recente ordem do presidente Hugo Chávez para que o exército tome os portos do país. Jorge Sánchez quer apresentar uma proposta para solicitar um referendo sobre o assunto, informou nesta segunda-feira o El Universal.

- O executivo regional deve atuar de acordo com o estado de direito e não entregar estes setores - disse Sánchez. - Seguramente o Estado de Zulia trabalhará para impugnar a reforma da Lei de Descentralização.

O presidente Hugo Chávez havia anunciado que tomaria os portos de três Estados, entre eles o de Zulia, durante o programa Alô Presidente.

- Ele está dando um novo golpe de Estado, como dado em 4 de fevereiro de 2002.