Entenda a inssureição tibetana e veja fotografia históricas

JB Online

RIO DE JANEIRO - Em 1950, o Tibete foi invadido pela China e Dalai Lama tornou-se chefe de Estado, passando a liderar as negociações pela soberania do Tibete, estabelecendo contato com dirigentes e líderes religiosos de todos o mundo.

A insurreição tibetana foi uma fracassada rebelião nacionalista, em 17 de março 1959, o dalai lama fugiu para o exílio, na Índia. Foi seguido por 80 mil tibetanos.

Na cultura tibetana, os 'dalai lamas' são conhecidos como a reencarnação do príncipe Chenrezig, o Avalokitesvara, o portador do lótus branco ou mais simplesmente como uma das reencarnações de Buda.

Veja as imagens da insurreição:

Pintura de Dalai Lama jovem

Tibetanos reunidos em rebelião

Conflito entre tibetanos e exército chinês

Exército chinês em frente ao Palácio Potala após vitória