Israel mata comandante da Jihad Islâmica em ataque aéreo a Gaza

Agência AFP

GAZA - Aviões de guerra israelenses mataram um comandante da Jihad Islâmica em um ataque aéreo na Faixa de Gaza nesta quarta-feira, disse a facção palestina e autoridades médicas.

O Exército israelense confirmou ataque a Khaled Shalan, dizendo que ele estava envolvido em disparos recentes de foguetes de Gaza contra Israel.

Outro membro da Jihad Islâmica foi ferido na cidade de Beit Lahiya, no norte do território, disseram autoridades médicas.

Israel e militantes palestinos têm se envolvido em ataques esporádicos na fronteira de Gaza, desafiando os esforços do Egito em consolidar uma trégua acertada em 18 de janeiro no território controlado pelo Hamas.

Israel invadiu Gaza em janeiro e tem respondido aos ataques de foguetes palestinos com bombardeios a possíveis túneis usados para o tráfico sob a fronteira entre Egito e Gaza.

O ataque de quarta-feira pode sinalizar o recomeço de ataques israelenses objetivando líderes militantes.

A Jihad Islâmica, facção menor que o Hamas, disse que Shalan controlava, do norte da Faixa de Gaza, o lançamento de foguetes e outros ataques contra Israel.