Equipes buscam desaparecidos após desabamento na Alemanha

REUTERS

COLÔNIA - Equipes de resgate buscavam duas pessoas soterradas sob os escombros do edifício que abriga o arquivo histórico da cidade alemã de Colônia nesta quarta-feira. Eles também tentam recuperar documentos que valem centenas de milhões de euros.

A construção de vários andares, que guardava milhares de registros históricos, desmoronou na terça-feira, ferindo pelo menos uma pessoa. Autoridades disseram que dois homens que moravam perto do edifício estão desaparecidos, acrescentaram que há ainda outras pessoas que estão tidas como sumidas.

As causas do desmoronamento do prédio da década de 1970 são desconhecidas, dizem as autoridades, mas o prefeito de Colônia, Fritz Schramma, sugeriu que a linha subterrânea do trem próxima ao prédio fosse examinada mais de perto.

- A questão é se podemos retirar tanta terra debaixo de uma cidade tão grande, habitada e movimentada quanto Colônia tem sido há 2.000 anos - disse ele enquanto visitava o local do desabamento, onde trabalhadores tentam estabilizar o que restou da construção.

O chefe do departamento cultural de Colônia, Georg Quander, disse que o acidente ameaça documentos que representam 1.000 anos de história, com um seguro avaliado em 400 milhões de euros.

O arquivo histórico da cidade era um dos maiores do gênero na Alemanha. Entre os vários documentos guardados no local, há pertences do autor alemão vencedor do Prêmio Nobel Heinrich Boell.

- Por maior que tenha sido o desastre, estamos felizes que todos os funcionários, convidados e leitores conseguiram escapar - disse Quander.