Parlamento do Mercosul discute agenda para 2009

Agência Senado

BRASÍLIA - O Orçamento para o período 2010-2011, uma proposta preliminar de Código de Ética e a agenda para 2009 são temas da reunião da Mesa Diretora do Parlamento do Mercosul que começou nesta segunda-feira em Montevidéu. Pelo Brasil, participa do encontro o presidente do Parlamento, deputado Dr. Rosinha (PT-PR).

Outra questão em discussão será a composição das comissões temáticas. O Parlamento do Mercosul tem dez colegiados permanentes. A idéia é definir que cada parlamentar tenha direito a integrar, como titular, até duas comissões e que cada país possa ter até três representantes em cada uma delas.

Os parlamentares deverão também cuidar da agenda das reuniões do Parlamento com o Foro Consultivo Econômico e Social (FCES) e da ordem do dia da sessão plenária de amanhã, quando deverá ser eleito presidente o deputado paraguaio Ignacio Mendoza Unzain.

A Mesa deverá ainda definir o calendário das sessões deste ano e discutir questões relativas aos convênios do Parlamento do Mercosul com a União Européia, de apoio à estruturação do órgão legislativo, com o Banco Interamericano de Desenvolvimento (BID), para a elaboração de uma estratégia de comunicação e com a Agência Espanhola de Cooperação (Aeci), para a capacitação de funcionários.

No início da reunião, Dr. Rosinha apresentou informes sobre a presença de parlamentares do Mercosul no Fórum Social Mundial realizado em Belém e sobre a participação da missão de observadores no referendo realizado na Bolívia sobre a nova Constituição. A reunião da Mesa está sendo realizada a portas fechadas.

Utilizamos cookies essenciais e tecnologias semelhantes de acordo com a nossa Política de Privacidade.
Ao continuar navegando, você concorda com estas condições.
Saiba mais