Morre na Itália Eluana Englaro

Agência ANSA

ROMA - Morreu nesta segunda-feira a italiana Eluana Englaro, que há 17 anos vivia em estado vegetativo. As informações são das autoridades locais e da administração da clínica La Quiete, onde ela estava internada, na cidade de Udine, norte da Itália.

A paciente faleceu depois que o sistema de alimentação que a mantinha viva foi interrompido, no sábado.

Após anos de disputa, o pai da italiana, Beppino Englaro, conseguiu a autorização da Justiça para interromper a alimentação que a mantinha viva.

Contrário à morte da paciente, o governo italiano tentava aprovar em caráter de urgência um projeto de lei que revertesse a decisão judicial.