Fidel afirma que Obama e equipe não poderão lidar com a crise

Agência AFP

HAVANA - O líder cubano Fidel Castro afirmou que o novo presidente dos Estados Unidos, Barack Obama, e sua equipe de 'brilhantes políticos e economistas' não são suficientes para resolver os crescentes problemas do capitalismo americano.

- Obama, Emanuel e todos os brilhantes políticos e economistas que reuniram não bastariam para resolver os problemas crescentes da sociedade capitalista norte-americana - afirma em um artigo publicado no site Cubadebate.

O líder comunista, de 82 anos, afastado do poder por uma crise de saúde, dedica o texto ao chefe de gabinete da Casa Branca, Rahm Emanuel.

- Todos os demais povos terão que pagar o colossal esbanjamento e garantir, primeiro que nada no planeta, cada vez mais contaminado, os postos de trabalho americanos e os lucros das grandes transnacionais deste país - afirma.

Este é o quinto artigo de Fidel Castro sobre Obama em menos de duas semanas.