Atentado suicida no Sri lanka: balanço sobe para 28 mortos

Agência AFP

COLOMBO - Pelo menos 28 pessoas - 20 soldados e oito civis - morreram nesta segunda-feira em um atentado suicida atribuído a uma mulher-bomba separatista tâmil em um campo de refugiados no norte do Sri Lanka, informou o porta-voz do Exército, Udaya Nanayakkara.

Nanayakkara afirmou que a guerrilheira dos Tigres de Libertação da Pátria Tâmil (LTTE) tinha como alvo um campo de refugiados de Visuamadu, uma zona recentemente capturada aos rebeldes pelo Exército.

- Vinte soldados, incluindo três mulheres soldados, morreram. Oito civis também morreram e 40 civis ficaram feridos - disse Nanayakkara.