Meio-irmão de Obama é preso por porte de drogas

Portal Terra

SÃO PAULO - George Obama, meio-irmão do presidente dos Estados Unidos, Barack Obama, foi preso pela polícia queniana por posse de drogas, segundo informações divulgadas pela CNN neste sábado. De acordo com o policial Augustine Mutembei, responsável pela prisão, ele estava carregando maconha - conhecida como "Bhang" no país africano - e resistiu à abordagem das autoridades.

George Obama foi levado para um posto policial de Nairóbi e deve comparecer à corte na segunda-feira, segundo Mutembei. Em declarações à CNN, o meio-irmão do presidente dos EUA negou a acusação. "Eles me tiraram de casa. Eu não sei o motivo de eles terem me prendido", disse George, que conhece muito pouco seu parente famoso. Ele foi um dos poucos parentes quenianos de Obama que não foram à posse.

Em seu livro de memórias, Dreams from My Father, Barack Obama descreve seu encontro com George como "doloroso". Segundo a CNN, George mora com a mãe em uma pequena casa em Huruma, uma favela da capital queniana. Sua certidão de nascimento diz que ele é meio-irmão de Obama, pois os dois têm o mesmo pai queniano. Na obra, Obama cita a briga e a reconciliação com seu pai depois que ele abandonou sua mãe.