Obama promete ação firme e audaciosa na economia

REUTERS

WASHINGTON - O recém-empossado presidente dos Estados Unidos, Barack Obama, prometeu uma ação "firme e audaciosa" para reanimar a combalida economia norte-americana e garantiu que irá restaurar a posição dos EUA no mundo.

Veja abaixo o que o novo presidente dos Estados Unidos disse sobre sua agenda:

CONSTRUINDO AS BASES PARA UM ENORME ESTÍMULO ECONÔMICO

* Obama prometeu reanimar a economia norte-americana, a qual ele disse estar fortemente danificada pela "ganância e irresponsabilidade" e pela hesitação em tomar decisões difíceis. Ele disse que a atual crise econômica mostra que os mercados podem sair do controle "sem um olhar atento" e que a prosperidade tem de ser mais compartilhada.

* O novo presidente não deu detalhes sobre sua proposta de pacote de estímulo econômico de 825 bilhões de dólares. Mas ele disse que o plano -- que será usado na construção de novas estradas, pontes, linhas de transmissão de energia elétrica e outros projetos -- estabelecerá a fundação para o crescimento futuro.

* Numa tentativa de minimizar as preocupações envolvendo os custos do plano, Obama prometeu tornar o governo mais eficiente e garantir que os recursos sejam gastos sabiamente.

PROMESSAS DE REFORMAS AS REGRAS DE WALL STREET, E REFORMAR O SISTEMA DE SAÚDE

* A referência de Obama à falta de um olhar atento sobre os mercados sinalizou que uma de suas prioridades será a reforma da regulação financeira. Numa indicação de que como ele pretende formar o debate em torno da reforma de Wall Street, Obama elogiou a capacidade dos mercados de gerar riqueza e espalhar a liberdade, mas insistiu que uma supervisão cuidadosa é essencial.

* Obama listou as reformas dos sistemas de saúde e de educação e medidas para combater a mudança climática entre suas principais prioridades domésticas.

"HUMILDADE E MODERAÇÃO" NA POLÍTICA EXTERNA

* Obama fez referência à sua eleição histórica como primeiro presidente negro da história dos EUA para enfatizar o que ele classificou de capacidade da nação para o progresso, e disse que os Estados Unidos podem retomar sua posição no mundo ao dar o exemplo.

O novo presidente disse que o poder norte-americano "cresce por meio de seu uso prudente, nossa segurança emana da justiça de nossa causa, da força de nosso exemplo, das qualidades de humildade e moderação".

* Obama prometeu deixar o Iraque de maneira responsável e "forjar uma paz conquistada arduamente no Afeganistão".

* Ele também enfatizou sua disposição de combater os inimigos dos EUA, dizendo que os Estados Unidos "estenderão a mão se vocês estiverem dispostos a descerrar o pulso".

* Obama prometeu aproximar-se dos muçulmanos de todo o mundo, afirmando querer "buscar uma nova forma, baseado no interesse e no respeito mútuos".

* Um dos primeiros atos de Obama como presidente pode ser o anúncio de um novo enviado para o Oriente Médio. Obama deve nomear o ex-senador George Mitchell para o cargo pouco depois da posse, segundo o Washington Post.

* Durante a ofensiva de 22 dias de Israel contra Gaza, Obama recusou-se a discutir o assunto em detalhes, argumentando que o país deve ter somente um presidente de cada vez. Mas ele prometeu durante a campanha que trataria do assunto de imediato após assumir a Presidência.

Utilizamos cookies essenciais e tecnologias semelhantes de acordo com a nossa Política de Privacidade.
Ao continuar navegando, você concorda com estas condições.
Saiba mais