Discurso de Obama: um país unido, disposto a superar desafios

Agência AFP

WASHINGTON - Barack Obama, o primeiro negro a ser presidente dos Estados Unidos, enviará em seu discurso de posse uma mensagem de esperança e um pedido de mobilização generalizada para que os Estados Unidos consigam superar os desafios.

- Acredito que falará de todos os muitos desafios e problemas que o país enfrentará. Porém, também nos recordará e ao mundo inteiro que os americanos já enfrentaram no passado enormes desafios, que superaram estando unidos como país e como povo para que as futuras gerações pudessem viver em um mundo melhor - declarou Robert Gibbs, futuro porta-voz da Casa Branca, em uma entrevista ao canal CNN.

Barack Obama, que se tornará oficialmente às 12H00 locais (15H00 de Brasília) presidente, depois de prestar juramento sobre a mesma Bíblia sobre a qual jurou Abraham Lincoln em março de 1861, falará ainda de 'uma nova era de responsabilidade na ação governamental e de parte de nossas institições financeiras, algumas das quais nos precipitaram nesta crise econômica', disse Gibbs em outra entrevista, ao canal Fox.

Obama também falará 'do sacrifício dos homens e mulheres de serviço', acrescentou, antes de lembrar que o futuro presidente visitou na segunda-feira no hospital militar de Walter Reed, onde são atendidos soldados feridos no Iraque e Afeganistão.

- Ele fará um pedido aos americanos para que façam mais do que fazem agora, para que se comprometam e participem mais na mudança para melhorar este país - disse o futuro porta-voz da Casa Branca.

Utilizamos cookies essenciais e tecnologias semelhantes de acordo com a nossa Política de Privacidade.
Ao continuar navegando, você concorda com estas condições.
Saiba mais