Berlusconi diz que "espera" para ver Obama trabalhar

Agência ANSA

ROMA - O chefe de governo da Itália, Silvio Berlusconi, declarou nesta terça-feira que "espera" para conhecer o trabalho do presidente eleito dos Estados Unidos, Barack Obama, e sua influência na resolução do conflito em Gaza.

"Agora esperamos também a posição de Obama, que antes todo mundo idolatrava e agora se começa a ver...", afirmou Berlusconi a jornalistas enquanto caminhava pelo centro de Roma.

Questionado sobre a continuação da frase, o premier italiano respondeu: "É claro que é assim: era errado antes e é errado agora ter preocupações demais [sobre o trabalho de Obama]".

"É importante que [Obama] vá lá [na Casa Branca] e trabalhe", prosseguiu.

"Estou escrevendo para ele uma carta de felicitações", revelou o premiê. "Faço realmente todos os cordiais votos de sucesso que posso, para que se saia bem e trabalhe bem com o time que colocou em campo e que me parece um time confiável".

Questionado sobre o dia da posse, Berlusconi respondeu: "Não vou. Não fui à posse de [George W.] Bush e, além disso, eu sou um protagonista e não um coadjuvante".

Berlusconi já havia protagonizado uma situação polêmica após a eleição de Barack Obama, quando descreveu o presidente eleito dos EUA como "jovem, bonito e bronzeado".

Primeiro presidente negro dos EUA, Obama tomará posse em 20 de janeiro.