Libertado o ex-vice-presidente da Yukos russa, doente de Aids

Agência AFP

MOSCOU - Vassili Aleksanian, o ex-vice-presidente do grupo de petróleo russo Yukos, que contraiu Aids e câncer, foi libertado nesta terça-feira, anunciou sua advogado, citada pelas agências russas.

- A fiança está paga, e logo deixará o hospital onde foi internado - informou a advogada Yelena Lvova, segundo as agências Interfax e RIA Novosti.

- O pai de Aleksanian expressa gratidão a todas as pessoas que contribuíram com os recursos - para pagar a fiança, acrescentou.