Hamas convocará 1 mil contra invasão terrestre de Israel

Portal Terra

SÃO PAULO - O Hamas anunciou, nesta segunda-feira, que irá recrutar mais mil militantes para tentar conter uma possível incursão terrestre de tropas israelenses na Faixa de Gaza. A informação é do Jerusalem Post.

De acordo com o jornal, fontes do Hamas afirmaram que a organização não teria sido afetada pelos bombardeios israelenses que iniciaram no sábado.

- A maioria dos mortos foram policiais civis, que trabalhavam para controlar o tráfego e conter crimes. Eles não eram militantes responsáveis pelos lançamentos de foguetes - disse o informante.

A preparação do Hamas para uma possível invasão por terra de Israel inclui uma série de túneis e abrigos subterrâneos em diversas partes de Gaza, além de armas contrabandeadas da fronteira com o Egito. De acordo com a fonte do jornal, a organização palestina se prepara desde o dia em que tomou o controle da região para lutar contra os israelenses.

Do outro lado, o porta-voz do governo de Israel, Daniel Seaman, disse à Agência Efe que as autoridades do país acreditam "que não será necessária uma incursão terrestre" na Faixa de Gaza, mas que "isso depende apenas do Hamas".

Ele admitiu que uma incursão terrestre a Gaza - para a qual o governo israelense já mobilizou 6,5 mil reservistas - "é uma operação complicada".