Líder do Hamas em Gaza aceita trégua com Israel e pede fim do bloqueio

Agência AFP

GAZA - O líder mais influente do Hamas em Gaza, Mahmud Zahar, afirmou nesta terça-feira que a organização pode renovar a trégua com Israel, que terminou sexta-feira passada, caso o Estado hebreu se comprometa a suspender o bloqueio contra o território palestino.

Zahar se disse disposto a renovar a trégua 'se Israel respeitar as disposições de apaziguamento'.

- Pedimos a Israel que respeite as condições da trégua e concretize seus compromissos, especialmente que interrompa as agressões e abra as passagens - afirmou.

No entanto, Zahar declarou que até o momento não aconteceu nenhum contato oficial para renovar a trégua, que entrou em vigor em junho, depois da mediação do Egito.

O Hamas, que controla a Faixa de Gaza desde junho de 2007, anunciou na segunda-feira um cessar-fogo de 24 horas para permitir, oficialmente, a entrada de ajuda humanitária a partir do Egito.

Israel mantém desde junho de 2007 um bloqueio sobre a Faixa de Gaza, que reforçou mês passado, onde 1,5 milhão de palestinos vivem em condições miseráveis.