Uribe e Calderón firmam parceria contra crime organizado

Agência ANSA

CIDADE DO MÉXICO - Os presidentes do México, Felipe Calderón, e da Colômbia, Álvaro Uribe, firmaram hoje a criação de uma "frente comum contra a criminalidade transnacional", anunciaram porta-vozes oficiais.

Por meio do acordo, os dois países pretendem fortalecer a cooperação em temas de segurança e justiça, informaram funcionários do governo mexicano, ao término da reunião bilateral entre os presidentes.

Uribe está no México para uma visita de trabalho. Desde janeiro deste ano, é a sexta vez que os dois se encontram. Durante a reunião, Calderón ressaltou que em 2008 foram capturados 25 criminosos de alta periculosidade de origem colombiana que haviam entrado ilegalmente no país. Uribe reconhece o trabalho do governo mexicano na luta contra a criminalidade.

Além de problemas relacionados à criminalidade, os presidentes trataram ainda do Tratado de Livre Comércio (TLC) entre os dois países e abordaram temas ligados ao setor energético. A reunião foi realizada a portas fechadas na residência oficial de Los Pinos.