Obama descarta encontros com líderes do G-20

Agência AFP

CHICAGO - O presidente eleito dos Estados Unidos, Barack Obama, não se reunirá com nenhum dos governantes que comparecerá neste sábado à reunião de cúpula do G-20 em Washington, que pretende encontrar soluções para a crise econômica mundial, informou seu porta-voz, Robert Gibbs.

Alguns boatos davam a entender que se Obama optasse por se reunir em 15 de novembro, em Washington, com alguns de seus futuros colegas internacionais, isto seria uma espécie de posse antecipada. O democrata só assumirá a presidência em 20 de janeiro.

Gibbs afirmou à imprensa que, seguindo o protocolo, Obama permanecerá à margem das negociações, embora seja possível que alguns de seus colaboradores participem em encontros no fim de semana.

- Está muito interessado e considera muito bom que a reunião seja celebrada com o presidente George W. Bush - declarou Gibbs no retorno de Obama a Chicago.

- Porém, em palavras que vocês escutarão muitas vezes até 20 de janeiro, existe um único presidente por vez - concluiu o porta-voz.