Lula e Berlusconi se reúnem nesta terça-feira em Roma

Agência ANSA

ROMA - O presidente Luiz Inácio Lula da Silva, se encontrará hoje com o primeiro-ministro italiano, Silvio Berlusconi, com quem participará de um almoço de negócios na Villa Madama. O principal tema do encontro deverá ser a crise financeira global.

Ontem, logo após se reunir com o presidente italiano, Giorgio Napolitano, Lula afirmou que expressaria a Berlusconi seu apoio à proposta do premier de ampliação do G8 - grupo formado pelos oito países mais industrializados do mundo.

- Vamos abordar o tema da maior participação do G5 [composto por Brasil, Índia, China, México e África do Sul] na cúpula do G8 em julho de 2009 - disse o presidente.

Lula esclareceu também que "não faz mais sentido que temas que envolvem toda a humanidade continuem sendo discutidos apenas pelos países ricos".

A Itália, segundo o presidente, pode assumir um "papel crucial" na condução do diálogo entre as grandes economias do mundo.O presidente chegou a Roma no último domingo para uma visita de quatro dias, iniciada ontem com reuniões com o presidente italiano e com o presidente da Câmara italiana, Gianfranco Fini.

Hoje, após ser recebido por Berlusconi, irá à tarde à Cofindustria, principal câmara empresarial italiana, para participar de um seminário sobre oportunidades para investimentos no Programa de Aceleração do Crescimento (PAC), voltado para obras de infra-estrutura.

Na quarta-feira pela manhã, Lula se reunirá no Palácio Quirinale [sede da presidência italiana e onde o presidente está hospedado junto à primeira-dama Marisa Letícia] com o prefeito de Roma, Gianni Alemanno.

A visita do presidente termina na próxima quinta-feira, quando Lula será recebido em audiência pelo papa Bento XVI no Vaticano.