Muito aguardado, Chávez não comparece à Cúpula Ibero-Americana

Vinicius Konchinski, Agência Brasil

SAN SALVADOR - O presidente da Venezuela não compareceu à 1ª Reunião da Cúpula Ibero-Americana de Chefes de Estado, realizada nesta quinta-feira. A chegada de Chávez era muito aguardada no encontro dos mandatários e chegou a ser anunciada pela imprensa salvadorenha, mas ele foi representado pelo chanceler Nicolas Maduro.

Na cúpula passada, realizada no Chile, Chávez protagonizou uma das cenas mais marcantes do evento. Ele discutiu com o rei da Espanha, Juan Carlos, que disse para o presidente venezuelano calar-se, em plena cerimônia de encerramento do encontro. Neste ano, Chávez justificou a ausência, alegando falta de segurança em El Salvador.

O secretário-geral ibero-americano, Enrique Iglesias, lamentou a ausência de Chávez, mas ressaltou que a Venezuela tem participado ativamente de todas as rodadas de negociação da cúpula.

- As atividades da cúpula são realizadas durante todo o ano. A Venezuela tem sido muito ativa nas reunião setoriais realizadas - disse Iglesias, em entrevista coletiva.

Utilizamos cookies essenciais e tecnologias semelhantes de acordo com a nossa Política de Privacidade.
Ao continuar navegando, você concorda com estas condições.
Saiba mais