EUA: Colin Powell anuncia apoio a Obama

Jornal do Brasil

WASHINGTON - Mais um revés marca a campanha do candidato à Presidência John McCain. Ontem, o republicano Colin Powell, primeiro secretário de Estado do governo George Bush, declarou que votará no senador Barack Obama, no dia 4 de novembro. O anúncio foi feito no programa Meet the press, da NBC.

Powell aproveitou para criticar o tom da campanha de McCain e elogiar a capacidade de inspirar do rival democrata, bem como o caráter inclusivo de suas propostas.

Precisamos de uma figura transformadora, de um presidente que represente mudança de geração. É por isso que estou apoiando Obama, e não por falta de respeito pelo senador McCain justificou Powell, acrescentando que lamenta decepcionar o candidato republicano, de quem é amigo de longa data.

O ex-secretário esclareceu ainda que, apesar de ser negro como Obama, não tomou sua decisão por questões raciais. Se fosse esse o motivo, sublinhou, teria feito seu endosso meses atrás.

O que parece ter sido decisivo para a escolha é seu desapontamento com o tom negativo da campanha de McCain, agravado pela escolha de Sarah Palin para compor a chapa:

Ela é uma mulher ilustre, mas não creio que esteja pronta para ser vice-presidente dos EUA.

Outro ponto forte a favor de Obama, segundo Powell, foi o seu posicionamento diante da crise econômica atual: ao contrário de McCain, que teria parecido inseguro, o democrata exibiu constância, curiosidade intelectual e profundidade de conhecimento .