Última sobrevivente do 'Titanic' leiloa recordações

Agência AFP

LONDRES - A última sobrevivente do naufrágio do "Titanic" vai leiloar várias recordações do luxuoso navio para poder pagar suas despesas médicas, informou a imprensa inglesa.

Millvina Dean tinha apenas dois meses quando o "Titanic" se chocou contra um iceberg, em 1912. Agora, com 96 anos, espera conseguir 3.000 libras (3.845 euros, 5.171 dólares) com a venda de recordações, entre as quais uma maleta de cem anos com a roupa que foi dada a sua família depois do trágico acidente, em sua chegada a Nova York.

Millvina Dean, que vive numa abrigo para idosos, tem problemas nos quadris e possui gastos médicos muito elevados.A venda acontecerá no sábado, na casa de leilões Henry Aldridge and Son, sudoeste de Inglaterra.

Cerca de 1.500 passageiros e tripulantes do "Titanic" morreram em 14 de abril de 1912, quando navio naufragou em sua viagem inaugural, de Southampton a Nova York.

Millvina Dean foi a sobrevivente mais jovem da tragédia e foi resgata com seu irmão e sua mãe. O pai morreu.No total, 700 pessoas sobreviveram ao pior desastre marítimo da história.

Utilizamos cookies essenciais e tecnologias semelhantes de acordo com a nossa Política de Privacidade.
Ao continuar navegando, você concorda com estas condições.
Saiba mais