Venezuela libera verba para exercícios militares com Brasil

REUTERS

CARACAS - O Congresso venezuelano aprovou na quarta-feira as verbas para a realização de exercícios militares aéreos com Brasil, Argentina, Chile, Uruguai e França, um mês antes de iniciar exercícios navais com a Rússia no Caribe.

Segundo relatório da Comissão de Finanças da Assembléia Nacional, foram liberados 5,3 milhões de bolívares (2,5 milhões de dólares). Não foi informada a data para o início das manobras.

Uma parte importante dos recursos será destinada à operação Venbra-V 2008, em conjunto com a Força Aérea Brasileira, que pretende realizar exercícios de detecção, identificação, interceptação e transferência de vôos ilícitos simulados entre a Aviação Militar Bolivariana e a Força Aérea do Brasil, segundo o informe.

A segunda operação será a Cruzex IV-2008, que consiste de exercícios com outros países sul-americanos, para atuar contra um país agressor que invada seu vizinho, transgredindo as leis e acordos internacionais, aplicando táticas e técnicas de emprego em missões Contra Força Aérea Ofensiva, disse a nota.

O presidente do Brasil, Luiz Inácio Lula da Silva, insistiu neste ano na cúpula do bloco regional Unasul que os países sul-americanos precisam criar um Conselho de Defesa.

O governo anti-americano da Venezuela decidiu neste ano realizar exercícios conjuntos com a Rússia, decisão que causou incômodo na Casa Branca.

Utilizamos cookies essenciais e tecnologias semelhantes de acordo com a nossa Política de Privacidade.
Ao continuar navegando, você concorda com estas condições.
Saiba mais