Produtores rurais argentinos anunciam nova paralisação

REUTERS

BUENOS AIRES - Os produtores rurais argentinos anunciaram nesta terça-feira que realizarão uma nova paralisação no comércio de produtos agrícolas em protesto contra a política oficial, depois de as manifestações realizadas pelo setor entre março e julho terem gerado uma crise política. O novo protesto se iniciará na sexta-feira e terminará à 0h de quarta-feira da semana que vem.

- Não se pode ignorar o agravamento da situação dos produtores desde março até agora - disse Hugo Biolcati, da Sociedade Rural Argentina, uma das quatro entidades que convocaram a paralisação.

Entre as medidas anunciadas, Biolcati afirmou que o setor promoverá 'a paralisação da comercialização de grãos com destino à indústria e exportação de gado bovino em pé, com exceção da pecuária proveniente das zonas afetadas pela seca'.

A Argentina é um dos maiores fornecedores mundiais de alimentos e a paralisação agropecuária pode afetar as vendas do país.