Itália lança operação contra mais de 100 mafiosos

REUTERS

ROMA - A Itália emitiu nesta terça-feira mais de cem mandados de prisão em meio a uma operação voltada contra mafiosos de Nápoles, prendendo dezenas deles, entre os quais três homens acusados de terem participado de um dos crimes mais sangrentos da região.

Segundo a polícia italiana, vários membros importantes do clã Casalesi foram presos em operações realizadas antes do amanhecer, entre os quais Giuseppina Nappa, mulher de Francesco Schiavone que, segundo investigadores, continuaria a comandar o grupo de dentro da prisão.

As forças de segurança ocuparam prédios e paralisaram atividades empresariais avaliadas em 100 milhões de euros (143 milhões de dólares).

O ministro italiano do Interior, Roberto Maroni, descreveu a operação contra os Casalesi como algo memorável. A família é considerada a mais importante da Camorra, a versão napolitana da máfia siciliana.