Furacão Ike perde força mas continua perigoso

Agência AFP

MIAMI - O furacão Ike que se desloca pelo Atlântico Norte foi rebaixado da categoria 4 para a 3, mas continua representando uma ameaça para os países do Caribe e os Estados Unidos, informou o Centro Nacional de Furacões (NHC) americano.

Com ventos de 205 km/h, o furacão que afeta a parte oeste ol Atlântico, está neste momento na categoria 3 da escala Saffir-Simpson, que vai até 5.

O NHC informou que o Ike continua sendo perigoso e deve se transformar em um grande furacão em alguns dias.