David Letterman admite que pega pesado com a idade de McCain

REUTERS

NOVA YORK - O apresentador David Letterman sente um pouco de remorso pelas piadas que fez com a idade avançada do candidato republicano a presidente dos EUA, John McCain, e disse à revista Rolling Stone que esse tipo de brincadeira "não é inteiramente justa".

A exemplo dos concorrentes nos outros programas de fim de noite, Letterman, de 61 anos, não teve dificuldades em desencavar velhas piadas sobre o senador, que completou 72 anos na semana passada e pode se tornar o homem mais velho a chegar ao cargo.

- John McCain parece o tipo do sujeito que se vangloria de que seu novo fixador de dentadura lhe permite comer milho na espiga - disse Letterman certa vez no seu programa da CBS.

Em outra ocasião, comentou que McCain "parece o sujeito a quem é preciso dizer para fechar o roupão".

O apresentador do "Late Show", capa da Rolling Stone norte-americana, disse na entrevista que a idade de McCain o torna um alvo óbvio.

- Toda vez que temos essas piadas sobre ele, sempre penso comigo: ''Isso não é inteiramente justo"'', admitiu Letterman.

Na opinião dele, é mais difícil fazer graça com o democrata Barack Obama.

- Não há nada que se possa fazer automaticamente - disse Letterman, que se declara um eleitor indeciso, mas citou o terno "impressionantemente bonito" que Obama usou numa entrevista que lhe concedeu.

- Então eu votaria nele pela força daquele terno.