Sete pequenas explosões atingem cidade indiana de Bangalore

REUTERS

BANGALORE, ÍNDIA - Sete pequenas bombas explodiram na cidade indiana de Bangalore na sexta-feira, matando uma pessoa e ferindo pelo menos 15, informou a polícia.

- Em todos esses casos eles criaram as explosões usando um dispositivo de cronômetro', disse o comissário de polícia de Bangalore, Shankar Bidri, a repórteres no local de uma das explosões. 'Também foram usados explosivos em quantidade igual a de duas granadas.' Bangalore abriga a maioria das empresas de tecnologia da informação e de tereceirização da Índia e de mais de 1.500 grandes empresas, com escritórios de companhias como Microsoft, Intel e IBM.

M. R. Pujar, comissário de polícia adjunto da cidade disse que 'explosivos brutos' foram usados.

- Houve sete explosões de pequena intensidade - disse ele à Reuters. 'Algumas em áreas lotadas. Ao menos uma pessoa morreu e entre 15 e 20 ficaram feridas.

A Índia tem sofrido com uma série de ataques a bomba nos últimos anos, com os alvos variando entre mesquitas e templos hindus até trens, mas geralmente nenhum grupo assume a autoria dos ataques.

Grupos militantes islâmicos no Paquistão e em Bangladesh são geralmente acusados de promoverem os ataques.