Vice-prefeito de Londres renuncia após escândalo sexual

REUTERS

LONDRES - O vice-prefeito de Londres, Ray Lewis, deixou o cargo nesta sexta-feira, culpando a pressão da imprensa após acusações sobre o seu passado.

- Hoje submeti minha renúncia ao prefeito, que, com muito pesar, a aceitou - disse.

A renúncia será vista como um golpe embaraçoso para o prefeito Boris Johnson, menos de um mês depois que seu vice-chefe de gabinete foi forçado a renunciar por conta de comentários considerados depreciativos sobre caribenhos.

Johnson anunciou na quinta-feira que estava lançando uma investigação sobre as alegações da imprensa de que Lewis teria tido conduta sexual e financeira impróprias. Lewis é um padre da Igreja Anglicana nascido na Guiana e que dirige uma instituição de caridade para jovens negros.

Lewis negou as acusações, classificando-as como 'uma besteira completa', em uma coletiva de imprensa organizada às pressas com Johnson ao seu lado no escritório do prefeito.

Johnson disse que tinha toda confiança em seu vice, mas pouco mais de 24 horas depois Lewis estava de volta na mesma sala para anunciar sua renúncia.

Utilizamos cookies essenciais e tecnologias semelhantes de acordo com a nossa Política de Privacidade.
Ao continuar navegando, você concorda com estas condições.
Saiba mais